Avocats Paris, Toulouse - cLé réseau d'avocats - Christophe Leguevaques, Romain Sintès
Accueil
Envoyer à un ami
Version imprimable

“CATÁSTROFE AÉREA RIO / PARIS, DEVEMOS TIRAR LIÇÕES DO PROCESSO DA AZF”




“CATÁSTROFE AÉREA RIO / PARIS, DEVEMOS TIRAR LIÇÕES DO PROCESSO DA AZF”  
 
Christophe Lèguevaques, da Ordem dos Advogados de Paris (Barreau de Paris) e doutor em Direito, tem se especializado nos últimos anos em direito de catástrofes e riscos coletivos. Interveio particularmente na ocorrência de um acidente com um avião da Vietnam Air, no excesso de radiação do CHU (Centro Hospitalar Universitário) de Toulouse (*) e no acidente da AZF (**). Ele nos oferece o fruto da sua experiência.


(*) Overdose de radiação em Toulouse: após a instalação de uma máquina de rádiocirurgia estereotáxica no Centro Hospitalar de Toulouse, 145 pessoas recebem grandes overdoses. Os juízes de instrução do Polo de Saúde de Paris dirigem a investigação. Neste caso, o doutor Lèguevaques representa 80 das 145 vítimas.
 
(**) Desastre em AZF:  foi a maior catástrofe industrial da França no século XX. 32 mortos, milhares de feridos, 3 milhões de indenização. A fábrica AZF pertencia à empresa Grande Paroisse (uma subsidiária de TOTAL). A ação está pendente no tribunal de Toulouse. Neste caso, o Me Lèguevaques representa a cidade de Toulouse.  

catastrofe_aerea_versionbresil_.pdf catastrofe aerea(versionbrésil).pdf  (130.93 Ko)





... de presse | ... de droit